Machu Picchu 183 artigos
Quando não devo ir a Machu Picchu?
Clique para classificar o artigo

Quando não devo ir a Machu Picchu?

Ir a Machu Picchu durante a estação chuvosa tem enormes vantagens. A maioria das pessoas prefere visitar durante a estação seca (abril a outubro). No entanto, a melhor época para visitar é justamente durante a mudança de estação: final de abril ou início de maio, bem como final de setembro e início de outubro. Esses dias oferecem menos multidões, bom tempo e melhores preços.



Machu Picchu pode ser visitada todos os dias do ano, mesmo aos domingos e feriados. Embora existam algumas épocas do ano em que o clima não é o melhor ou a situação prejudica uma boa experiência, a cidadela inca geralmente está aberta. Por esse motivo, qualquer época do ano é ideal para visitá-la. Machu Picchu é um dos melhores destinos turísticos do planeta e vale a pena visitá-lo na chuva, sob sol intenso ou em qualquer dia do ano.


Entrada para Machu Picchu

Visite Machu Picchu todos os meses do ano

A estação chuvosa em Machu Picchu?

  • Como a maioria das regiões subtropicais da Cordilheira dos Andes, Machu Picchu tem duas estações: a estação seca (abril a outubro) e a estação chuvosa (novembro a março).
  • A estação seca, como o próprio nome sugere, tem poucos casos de chuva. Isso melhora as experiências ao ar livre, tais como: trilhas para caminhadas, visitas a sítios arqueológicos e, é claro, o passeio à cidadela inca de Machu Picchu.
  • A estação chuvosa, por outro lado, é caracterizada por chuvas mais frequentes durante o dia. As chuvas são mais intensas em janeiro, fevereiro e março. Isso torna mais difíceis as excursões ao ar livre, como a visita a Machu Picchu.
  • Além disso, durante a estação chuvosa, podem ocorrer deslizamentos de terra na rota para Machu Picchu via Hidroelétrica (pela selva de Cusco). Por esse motivo, não é recomendável fazer essa rota em janeiro, fevereiro e março. No resto do ano, sim.
  • A pior consequência das chuvas em Machu Picchu é a impossibilidade de tirar a foto clássica da cidadela inca. As nuvens podem cobrir a bela paisagem de Machu Picchu com um cobertor branco.
  • No entanto, a estação chuvosa oferece aspectos positivos da viagem a Machu Picchu: a paisagem da cidadela inca fica mais verde. Além disso, devido à baixa demanda turística, os preços tendem a cair, tornando a viagem mais econômica.

O fechamento da Trilha Inca?

  • A Trilha Inca é uma rota de trekking de 4 dias e 3 noites ao longo de parte das famosas qhapac ñan (estradas reais) construídas pelos Incas para chegar a Machu Picchu após 39 quilômetros a pé. Essa rota é considerada uma das melhores do planeta.
  • A Trilha Inca funciona todos os dias do ano exceto em fevereiro., o mês mais chuvoso do ano. Durante esses dias, as autoridades peruanas organizam a limpeza e a manutenção da rota. Isso também evita possíveis acidentes devido às chuvas constantes em fevereiro (o mês mais chuvoso do ano nos Andes).
  • Da mesma forma, em fevereiro, é preciso ter cuidado ao fazer outras rotas de trekking que levam a Machu Picchu, como: o trekking Salkantay (5 dias), o trekking Lares (4 dias), o trekking Huchuy Qosqo (3 dias) e outros.
  • Entretanto, em fevereiro, Machu Picchu ainda está aberta. e a melhor maneira de visitá-la é de trem, passando pelo vilarejo de Ollantaytambo. Em fevereiro, a cidadela inca oferece preços baratos e paisagens verdes ideais para fotos inesquecíveis.

Trilha Inca para Machu Picchu

Desastres naturais no Peru?

  • O Peru, como qualquer outro país do mundo, é suscetível a desastres naturais, como terremotos, deslizamentos de terra e até maremotos. Em Cusco, uma região localizada no coração da Cordilheira dos Andes, os fenômenos naturais mais comuns são os deslizamentos de terra.
  • Deslizamentos de terra são enormes massas de lama que caem de montanhas altas em decorrência de chuvas fortes. Quando caem em rios, podem causar transbordamentos e bloquear estradas.
  • Os deslizamentos de terra não são comuns na rota para Machu Picchu. No entanto, eles podem ocorrer de tempos em tempos, principalmente na rota pela selva: a rota Hidroelétrica. Portanto, não é recomendável fazer essa rota nos meses chuvosos: janeiro, fevereiro e março. No restante do ano, a rota é segura.
  • Así mismo, durante la época de lluvias (de enero a marzo), muy rara vez, o vilarejo de Aguas Calientes (povoado de Machupicchu). está isolada devido à inundação do rio Vilcanota. Além disso, em raras ocasiões, a queda de pedras (devido às chuvas) pode bloquear os trilhos da ferrovia.
  • Entretanto, esses acidentes causados por desastres naturais são muito raros. Em geral, a visita a Machu Picchu é realizada normalmente.


Protestos no Peru?

  • O Peru, como muitos países sul-americanos, é suscetível a distúrbios sociais por vários motivos: protestos de professores, protestos de agricultores, protestos de estudantes ou protestos de trabalhadores em geral.
  • Estima-se que pelo menos um protesto ocorra a cada ano no Peru. Esses protestos podem resultar, pelo menos por um dia, no fechamento de rotas de acesso a Machu Picchu, como estradas ou trilhos de trem.
  • Infelizmente, os protestos podem ocorrer de forma inesperada. Como resultado, alguns turistas ficam sem a oportunidade de visitar Machu Picchu.
  • Muitas agências de turismo, no entanto, procuram oferecer soluções para esses problemas incontroláveis. Em vista disso, há muitas partidas de manhã cedo (a partir das 3h) para evitar bloqueios nas estradas. Algumas agências de viagem oferecem até mesmo a oportunidade de remarcar viagens ou alterar a partida para um dia mais cedo ou mais tarde.
  • Embora os protestos possam causar desconforto aos turistas, eles não representam um perigo real para os visitantes. As manifestações ocorrem em áreas específicas de algumas cidades. Nenhum turista ficou ferido em decorrência dessas manifestações.

MachuPicchu
Foto clássica de Machu Picchu

Os ingressos para Machu Picchu estão esgotados?

  • Um dos principais motivos para os turistas desistirem de sua viagem a Machu Picchu é a disponibilidade limitada de ingressos. Isso, por sua vez, faz com que os ingressos se esgotem com semanas ou até meses de antecedência.
  • Entretanto, poucos turistas sabem que é possível comprar ingressos para Machu Picchu Picchu pessoalmente no vilarejo de Aguas Calientes (Machupicchu pueblo)..
  • Esse vilarejo oferece 1.000 ingressos por dia para compra no local. No entanto, deve-se observar que a venda não é para o mesmo dia, mas para o dia seguinte. Em outras palavras, os turistas devem passar pelo menos uma noite no vilarejo para obter os ingressos para o dia seguinte.
  • Os ingressos para Machu Picchu são vendidos pessoalmente no vilarejo de Aguas Calientes, com o portador do ingresso apresentando seu passaporte ou documento de identidade válido.
  • Além disso, os ingressos são limitados, portanto, é sempre recomendável comprar on-line com alguns meses de antecedência.

Perguntas frequentes sobre a data de sua visita a Machu Picchu

  1. Qual é a melhor época para visitar Machu Picchu?

    A melhor época para visitar Machu Picchu é durante a estação seca, quando as chuvas são raras e os turistas podem aproveitar melhor os diferentes passeios ao ar livre e cercados pela natureza.

  2. Quando Machu Picchu está fechada?

    Machu Picchu não fecha. Fica aberto todos os dias do ano, inclusive aos domingos e feriados. Só pode ser fechado em casos excepcionais de protestos ou desastres naturais.

  3. E em que data a Trilha Inca é fechada?

    A rota de trekking da Trilha Inca Clássica (4 dias) para Machu Picchu está aberta todos os meses, exceto em fevereiro, quando as chuvas obrigam a manutenção da rota por meio de trabalhos de limpeza e segurança.

  4. Quando não devo fazer a Trilha Inca para Machu Picchu?

    A Trilha Inca para Machu Picchu pode ser percorrida todos os meses (exceto fevereiro). Entretanto, janeiro e março, por serem meses chuvosos, não são muito populares entre os turistas.

  5. Quais dias são feriados em Machu Picchu?

    No Peru, assim como em Machu Picchu, os feriados públicos (feriados não trabalhistas) são: Dia de Ano Novo (1º de janeiro), Semana Santa (final de março ou início de abril), Dia do Trabalho (1º de maio), São Pedro e São Paulo (29 de junho), Fiestas Patrias (28 e 29 de julho), Batalha de Junín (6 de agosto), Santa Rosa de Lima (30 de agosto), Combate de Angamos (8 de outubro), Todos os Santos (1º de novembro), Imaculada Conceição (8 de dezembro), Batalha de Ayacucho (9 de dezembro) e Natal (25 de dezembro).

  6. Quando é mais barato visitar Machu Picchu?

    Machu Picchu oferece tarifas estáticas durante todo o ano. Entretanto, na estação chuvosa (de janeiro a abril), alguns preços de voos e hotéis tendem a ser mais baratos.

  7. Em que data a rota Salkantay é fechada?

    A trilha Salkantay de 5 dias para Machu Picchu é uma rota que está aberta todos os dias do ano.

  8. Quando não é recomendável visitar Cusco?

    Cusco pode ser visitada todos os dias do ano. A “Capital Arqueológica da América” é um dos melhores destinos turísticos do Peru e do mundo.

Conselhos de pessoas que estiveram lá

Machu Picchu

Luiz M.Por: Luiz M.

“Você não pode parar de ir“

“É um lugar que você não pode deixar de visitar; a primeira coisa a fazer é reservar os ingressos com antecedência e conseguir um bom guia na entrada. Ao chegar cedo, você terá tempo para caminhar por toda a área. Recomendo, se você tiver energia, subir até o portão do sol; esse lugar oferece vistas únicas de Machu Picchu. Viemos durante a estação chuvosa, mas não caiu uma gota sequer até estarmos em Ollantaytambo, no caminho de volta para Cusco.“


 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, agosto 23, 2023