O povoado de Maras
Clique para classificar o artigo

O povoado de Maras

Maras é uma das cidades mais visitadas do Vale Sagrado dos Incas, principalmente devido a duas atrações turísticas: as Salineras de Maras e as plataformas circulares de Moray. Esta pequena cidade é cercada por uma bela geografia. Aqui e ali você pode ver campos e montanhas nevadas. Na época colonial, gozou de muito destaque. Como testemunha dessa época, você pode ver sua igreja colonial e suas famosas fachadas. A maioria dos turistas visita esta cidade através do ‘Tour Maras – Moray’ de meio dia.


Turista na praça de Maras
Praça principal da povado de Maras

Quase 1 km da praça principal da cidade de Cusco, na rua ‘Belempampa’ há transporte público muito barato (a viagem custa aproximadamente 1 dólar) que eles pode levar ao ‘desvio de Maras’. Uma vez lá, você reconhecerá os ‘táxis coletivos’ que por aproximadamente 1 dólar o levarão à cidade de Maras. Esta é a maneira mais barata de ir de Cusco a Maras.


​​Onde está? Como chegar lá?

  • A comunidade de Maras está localizada a 41 quilômetros de estrada da cidade de Cusco. Ele está localizado em uma geografia altitudinal do Vale Sagrado dos Incas (3.300 metros acima do nível do mar). É cercada pelas montanhas nevadas Wakay Willka (5.682) e Chikón (5.530), pertencentes à chamada cordilheira ‘Vilcabamba’.
  • A forma como mais turistas visitam esta cidade é através do chamado ‘Tour Maras – Moray’, que já inclui o serviço de transporte até o local.
  • Se você quiser ir sozinho, você deve sair da cidade de Cusco e pegar um transporte para o ‘desvio de Maras’ (cerca de 15 minutos depois da cidade de Chinchero). Então, nesse ponto você deve pegar um táxi coletivo até a cidade de Maras. No total, a viagem dura cerca de 1 hora e 20 minutos.

Mapa para chegar à Maras

Mapa para chegar à cidade de Maras
Mapa para chegar à Maras

O que ver lá?

  • Plataformas circulares de Moray – Essas plataformas incas têm um tamanho e uma beleza paisagística que chamam a atenção. Para os incas, era uma fonte de alimento, mas, acima de tudo, um centro de experimentação agrícola. Cada círculo concêntrico dessas plataformas tem um microclima particular. Isso beneficia o cultivo de diversos produtos como: batata, ganso, quinua, olluco e até folha de coca.
  • Salineras de Maras – Há milhões de anos, através de um processo natural originado do subsolo e riachos próximos; As Salineras de Maras foram formadas. O sal natural desse local era trabalhado tanto pelos Incas quanto pelos atuais moradores da comunidade. Hoje existem mais de 3.000 poços de sal cujo conjunto forma uma das melhores vistas de Cusco.
  • Igreja de San Francisco de Maras – Em 1556, durante a era colonial (onde Maras teve um papel econômico), um dos templos mais imponentes fora da cidade de Cusco. A igreja foi chamada de ‘Templo de San Francisco de Maras’. Como a maioria das igrejas coloniais, esta foi construída no topo de um santuário inca. Seu interior se destaca por suas belas pinturas da chamada ‘escola de Cusco’.
  • Portões da cidade – Distribuídos na cidade de Maras, você pode encontrar um conjunto de portões de pedra que pertenceram às principais famílias da cidade durante a época colonial. Os relevos das capas mostram figuras de escudos e formas geométricas. Hoje, as coberturas são preservadas como atração turística da cidade.

Um pouco de história

  • Na época dos incas, Maras era habitada por algumas famílias que se dedicavam à agricultura, atividade que se beneficiava principalmente da presença próxima das plataformas de Moray.
  • Após a invasão espanhola no século 16, Maras se tornou uma redução de índios dedicados à agricultura em favor da coroa espanhola.
  • Foi nessa época que gozou de tanto destaque que foi batizada de “Villa de San Francisco de Asís”, nomeação que proporcionou benefícios comerciais com Cusco e outras cidades. Foi nessa época que foi construída a igreja de São Francisco de Maras, que continua até hoje.
  • Depois de vários séculos, a cidade de Maras não tem mais o destaque que gozava na colônia. No entanto, atualmente tem uma receita significativa devido à presença de duas atrações turísticas próximas: as minas de sal de Maras e as plataformas incas de Moray.

Como é o clima?

  • Maras possui um clima temperado frio com temperaturas que variam de 21ºC, no máximo a 1ºC. no mínimo. Como nas outras regiões de Cusco, janeiro, fevereiro e março são os dias mais chuvosos. No resto do ano, a chuva é intermitente e os dias são ensolarados.

Como fazer um tour?

  • Para visitar o povoado de Maras com um tour, você deve contratar o serviço ‘Maras-Moray’ meio dia (5 horas). O serviço inclui: transporte, ingressos e guia turístico. Você pode contratar o passeio em qualquer agência de turismo, seja online ou pessoalmente.

Como ir por conta própria?

  • Para visitar o povoado de Maras por conta própria (sem um tour), você só precisa pegar um transporte público e ir para a aldeia.
  • Uma vez na cidade de Maras, você pode optar por visitar as Salineras de Maras, as plataformas circulares de Moray ou simplesmente as ruas da cidade e sua igreja.
  • Na porta dos locais turísticos, você pode contratar um guia turístico.



Detalhes sobre a viagem

  • Durante a viagem para a cidade de Maras, você pode parar em a famosa cidade de Chinchero. Lá você pode visitar o sítio arqueológico Inca (antigo palácio do Imperador Túpac Yupanqui) ou conhecer um dos centros têxteis da cidade. Chinchero fica a 24 km da cidade de Maras.
  • Na praça principal de Maras está a escultura de um homem e uma mulher com um burro; tudo numa formação rochosa onde se podem observar os 3 principais atrativos turísticos do local: as salinas, as plataformas de Moray e a igreja da vila.
  • A cidade de Maras fica no meio da cordilheira dos Andes, pelo que o visitante pode sofrer alguns sintomas de ‘enjoo da altitude’ (náuseas, dores de cabeça, cansaço). Esses sintomas geralmente desaparecem à medida que o visitante se adapta à geografia. No entanto, você pode melhorar mais rapidamente bebendo bastante água e evitando alimentos gordurosos.

 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, julho 22, 2021

 


Travel agent
Help