Machu Picchu 183 artigos
Pessoas com deficiência podem visitar Machu Picchu
Clique para classificar o artigo

Pessoas com deficiência podem visitar Machu Picchu?

Muitas pessoas com deficiência se perguntam se podem visitar a cidade inca de Machu Picchu. A resposta é sim, mas há algumas limitações. A cidadela inca não tem rampas, portanto, é necessário o auxílio de uma ou duas pessoas para subir os degraus de pedra. Conheça algumas recomendações para visitar Machu Picchu se você for uma pessoa com algum tipo de deficiência física.



Machu Picchu em uma cadeira de rodas
Um sonho que se tornou realidade – Uma visita a Machu Picchu

Existe uma entrada especial para Machu Picchu?
Machu Picchu tem seis tipos de ingressos: o ingresso Machupicchu Solo, o ingresso Machupicchu + Huaynapicchu, o ingresso Machupicchu + Montanha, o ingresso Machupicchu + Huchuypicchu e o ingresso Machupicchu + Ponte Inca. Para uma visita especial, por exemplo, em uma cadeira de rodas, recomenda-se escolher os ingressos que permitem fazer o circuito 3 ou 4, pela parte inferior. São eles: o ingresso Machupicchu + Huaynapicchu, o ingresso Machupicchu + Montanha ou o ingresso Machupicchu + Huchuypicchu. Esse circuito permite uma bela foto, bem como o passeio pelos templos incas.


Pessoas com deficiências físicas podem visitar Machu Picchu?

  • Machu Picchu é um destino turístico adequado para todos.
  • Infelizmente, porém, o sítio arqueológico não tem acesso e sinalização adequados para visitantes com deficiências físicas.
  • Por exemplo, na cidadela inca não há rampas para facilitar o acesso de turistas em cadeiras de rodas. Ou não há painéis de informações em Braille.
  • No entanto, ainda é possível visitar Machu Picchu. Os turistas com algum tipo de deficiência física devem contratar uma agência de turismo especializada ou fazer sua visita por conta própria, sempre com o apoio de uma ou duas outras pessoas.
  • No entanto, para facilitar o acesso de visitantes em cadeiras de rodas, com problemas físicos ou idosos, foi criada uma rota curta para facilitar o traslado. Esse é o circuito 3 ou 4, que permite que você veja as construções de pedra da parte inferior de Machu Picchu.
  • Machu Picchu está aberta a todos os dias do ano, das 6h às 17h.

Quais pessoas com deficiência precisarão de assistência para visitar a cidade inca de Machu Picchu?

  • Os visitantes com algum tipo de deficiência auditiva precisarão de um guia turístico especializado que saiba linguagem de sinais. Eles não terão problemas para fazer o circuito clássico (1 ou 2), que também permite chegar ao setor da Casa do Guardião e obter a foto mais famosa de Machu Picchu.
  • Os visitantes com algum tipo de deficiência motora precisarão da companhia de um guia e de pelo menos uma outra pessoa para apoiá-los nos degraus de pedra (não há rampas no sítio arqueológico). Eles precisam fazer o circuito 3 ou 4 em sua visita a Machu Picchu. Esse circuito permite que você visite a parte inferior da cidadela inca, onde terá uma bela vista e visitará algumas das construções de pedra.
  • Os visitantes com deficiência visual devem estar acompanhados por um guia turístico especializado. É permitido entrar no sítio arqueológico acompanhado de um cão-guia. Esses visitantes podem seguir qualquer um dos quatro circuitos disponíveis. Recomendamos o circuito 1, que inclui a clássica foto de cartão postal, bem como uma visita à maioria das construções incas.
  • Machu Picchu é uma cidade de pedra, os incríveis edifícios, as escadas e os caminhos são todos feitos de pedra e podem ser difíceis para pessoas com deficiências graves.
  • As pessoas que visitarem Machu Picchu ao mesmo tempo que você o ajudarão; no entanto, se você vier em uma cadeira de rodas ou sofrer de cegueira total, precisará de mais do que apenas a ajuda de outros visitantes.

Qual ingresso para Machu Picchu recomendamos reservar?

Esses são os ingressos para Machu Picchu e as recomendações, de acordo com o tipo de deficiência física:

  • Ingresso Machupicchu Solo – Esse ingresso inclui a visita ao sítio arqueológico no circuito 1 ou 2. É recomendado para visitantes com deficiência auditiva ou visual. Ele permite a foto clássica de cartão postal e o passeio pela maioria das construções incas.
  • Ingresso Machupicchu + Huaynapicchu – Esse ingresso inclui a visita ao sítio arqueológico no circuito 4. É recomendado para visitantes com deficiência motora. Permite tirar uma bela foto da parte inferior da cidadela inca. Também permite que você visite importantes templos incas.
  • Ingresso Machupicchu + Montanha – Esse ingresso inclui a visita ao sítio arqueológico no circuito 3. É recomendado para turistas com algum tipo de deficiência motora. Ele permite uma bela foto da parte inferior de Machupicchu. Também permite que você veja importantes construções incas.
  • Ingresso Machupicchu + Huchuypicchu – Esse bilhete oferece a visita ao sítio arqueológico no circuito 4. É recomendado para turistas com algum tipo de deficiência motora. Ele permite uma bela vista de Machupicchu a partir da parte inferior. Também permite a visita aos templos incas.
  • Ingresso Machupicchu + Ponte Inca – Esse ingresso oferece a visita a Machupicchu no circuito 1 ou 2. É recomendado para turistas com deficiências auditivas ou visuais. Permite a foto clássica de cartão postal e o passeio pela maioria dos templos e estruturas de pedra. Não é recomendável visitar a Ponte Inca (caminhos próximos a penhascos).

Qual é a melhor rota para Machu Picchu para visitantes com deficiência?

  • Há três rotas para chegar a Machu Picchu: a) a rota de caminhada de 4 dias pela Trilha Inca, b) a rota alternativa por hidrelétrica na selva de Cusco ou c) a rota clássica de trem. A última é definitivamente a mais segura, rápida e adequada para pessoas com deficiências físicas.
  • A rota de trem começa na cidade de Cusco. Normalmente, você viaja por terra até Ollantaytambo. Lá, embarca-se no trem para a cidade de Aguas Calientes. Finalmente, o trecho até o portão de entrada de Machu Picchu. Essa rota leva um total de 4 horas.
  • Infelizmente, porém, muitos serviços de transporte não são adequados para turistas com deficiências motoras, como visitantes em cadeiras de rodas.
  • Os trens turísticos não têm rampas ou espaços internos para cadeiras de rodas. Os turistas precisarão do apoio da equipe encarregada do trem, tanto para acessar, quanto para descer e se acomodar em um assento.
  • O mesmo se aplica ao trecho final de Aguas Calientes até o portão de entrada de Machu Picchu em ônibus turístico. É recomendável contar com o apoio de um amigo, parceiro ou membro da família.

Recomendações de viagem para pessoas com deficiência

  • Reserve as passagens para Machu Picchu com antecedência.
  • Reserve as passagens de trem com antecedência, pois elas se esgotam muito rapidamente, portanto, faça isso depois de reservar as passagens para Machu Picchu.
  • Reserve hotéis, você não vai gostar de ter que andar pela cidade de Aguas Calientes à procura de um hotel, pois as ruas são muito íngremes e não têm acesso para cadeiras de rodas. Mas é possível encontrar hotéis bem próximos à estação de trem.
  • Caso precise de uma cadeira de rodas, recomendamos que venha com pelo menos duas pessoas para ajudá-lo. Não se esqueça de que metade do passeio por Machu Picchu é feito por escadas de pedra.
  • Sim, é verdade que pessoas cegas não conseguem ver as incríveis estruturas de Machu Picchu, mas se alguém as descrever para você, ficará maravilhado. Por outro lado, sabemos por experiência própria que as pessoas cegas são mais sensíveis para sentir a energia de Machu Picchu.


Perguntas frequentes sobre a viagem a Machu Picchu para visitantes com deficiência

  • Machu Picchu tem rampas de acesso para cadeiras de rodas?

    Não, infelizmente, o sítio arqueológico de Machu Picchu não tem rampas para cadeiras de rodas. É aconselhável estar acompanhado pelo seu guia, amigos, parceiro ou família para negociar as seções com degraus de pedra.

  • Posso visitar Machu Picchu com um cão-guia?

    Embora não seja permitido entrar em Machu Picchu com cães ou animais de estimação, isso é permitido no caso de cães-guia.

  • Como conseguir um guia turístico com conhecimento de linguagem de sinais?

    Os guias com conhecimento de linguagem de sinais são muito poucos em Machu Picchu. A melhor maneira de conseguir um é contratá-lo on-line com uma agência de turismo especializada em Cusco.

  • O trem para Machu Picchu tem espaços para cadeiras de rodas?

    Não, o trem para Machu Picchu não tem espaços para cadeiras de rodas. Entretanto, a equipe de bordo o ajudará a chegar ao seu assento da melhor maneira possível.

  • O ônibus de Aguas Calientes para Machu Picchu tem rampas para cadeiras de rodas?

    Não, o ônibus turístico da Consettur que faz o trajeto Aguas Calientes – Machu Picchu não tem rampas ou espaços para cadeiras de rodas.

  • Posso entrar em Machu Picchu com bengalas?

    Pessoas com deficiências motoras podem entrar com bengalas ou bastões de trekking, desde que não tenham pontas de metal.

  • Qual circuito devo fazer em Machu Picchu se eu estiver em uma cadeira de rodas?

    Para os turistas que visitam Machu Picchu em cadeiras de rodas, a melhor opção é escolher o circuito 3 ou 4, que permite um passeio mais curto, porém mais acessível.

  • Qual circuito devo fazer em Machu Picchu se eu for deficiente visual?

    Os turistas com deficiência visual podem fazer qualquer circuito em Machu Picchu (1, 2, 3 ou 4), desde que estejam acompanhados por um guia turístico.

Conselhos de pessoas que estiveram lá

Machu Picchu

Juan APor: Juan A

“Incrível cidade de pedra“

“Eu recomendo pegar os primeiros ônibus da manhã, pois isso pode fazer com que você encontre Machu Picchu com menos pessoas. E Machu Picchu com poucas pessoas é uma delícia.“


 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, março 20, 2024