Cusco 51 artigos
Pedra dos 12 ângulos
Clique para classificar o artigo

A pedra dos 12 ângulos

A pedra dos 12 ângulos é uma das atrações mais populares da cidade de Cusco. A sua fama deve-se à perfeição da sua construção. É uma enorme pedra polida, que encaixa perfeitamente em cada um dos seus cantos com as restantes pedras que compõem a parede. Está localizado na rua Hatun Rumiyoc. A visita a este local é gratuita. É um dos lugares mais fotografados de Cusco.



Turista olhando para a pedra de 12 ângulos
Visitar a pedra dos doze ângulos não tem custo

Esta é a pedra dos 12 ângulos

A pedra dos 12 ângulos é uma das atrações turísticas mais populares de Cusco. É famosa pelo seu imenso tamanho cujos doze cantos se encaixam perfeitamente com o resto da parede. É um dos lugares mais fotografados de Cuzco!


O que é?

  • A pedra dos 12 ângulos é uma rocha de diorito verde (amplamente utilizada em importantes construções incas) que faz parte de uma das paredes pertencentes ao famoso palácio do Inca Roca (1350 – 1380). A pedra tem um peso aproximado de 6 toneladas. Em suas bordas não é possível inserir uma agulha porque seus doze ângulos se encaixam perfeitamente com as pedras que a cercam.
  • Embora na mesma parede existam pedras que possuem mais ângulos, elas não têm a perfeição da pedra dos 12 ângulos. Pesquisas indicam que, se for removido, toda a construção entrará em colapso.
  • Porque faz parte do Centro Histórico de Cusco, é considerado ‘Patrimônio Cultural da Nação’.

A pedra usada para a construção da muralha e dos principais palácios incas foi trazida de Sacsayhuaman. O trabalho de escultura e polimento em doze ângulos seguia o perfeccionismo que caracterizava os incas. A parede tem uma forma trapezoidal e uma ligeira inclinação característica das obras incas mais importantes. O objetivo era resistir melhor aos movimentos telúricos. Devido à sua solidez, os espanhóis não conseguiram derrubá-lo. Até hoje, passados ​​mais de 500 anos, a pedra dos 12 ângulos permanece intacta.


Onde se localiza?

  • A pedra dos 12 ângulos está localizada na rua Hatun Rumiyoq (pedra grande na língua quéchua), a quase 500 metros da Plaza de Armas da cidade. Faz parte de uma muralha inca onde atualmente fica o Palácio do Arcebispo e Museu de Arte Sacra de Cusco.
  • Chegar lá é fácil. Da Plaza de Armas você deve subir a ladeira ‘Triunfo’. Essa estrada leva à Rua Hatun Rumiyoc, repleta de lojas de artesanato, joias e roupas. É ali que se encontra a pedra dos 12 ângulos.

Mapa: como chegar?


Conheça sua história

  • A pedra dos 12 ângulos era uma das imensas muralhas incas que formavam o palácio do Inca Roca (sexto governante do curacazgo de Cusco). Nos anos seguintes, o palácio foi a residência dos descendentes dos Incas até que os espanhóis invadiram e saquearam o palácio no século XVI.
  • Sobre as fundações da pedra dos 12 ângulos, os espanhóis construíram a Casa dos Marqueses de San Juan de Buena Vista e o Palácio dos Marqueses de Rocafuerte. Este edifício colonial seria posteriormente doado à igreja para se tornar o Palácio do Arcebispo e o Museu de Arte Sacra da cidade de Cusco.
  • A imensa e sólida muralha, mas sobretudo esta pedra, ganhou popularidade entre os turistas que visitam Cusco ano após ano. Atualmente, é uma das atrações turísticas mais fotografadas da cidade inca.

Quanto custa a visita?

  • A pedra dos 12 ângulos está localizada em uma via pública, portanto, não há custo para visitá-la.
  • A visita pode ser feita a qualquer hora do dia. A estrutura desta obra arquitetônica deve ser respeitada. Você não tem permissão para tocá-lo. Você pode conhecê-lo solicitando a companhia de um guia turístico.

Por que cuidar da pedra dos 12 ângulos?

  • A pedra dos 12 ângulos é considerada Patrimônio Cultural da Nação do Peru. Da mesma forma, é um símbolo do povo de Cusco. Cuidar disso é tarefa de todos os turistas e moradores de Cusco.
  • Durante o dia e a noite há policiais guardando a pedra. Da mesma forma, das 7 da manhã às 7 da noite, há um homem vestido de inca que vigia a rocha.
  • Apesar do cuidado, alguns turistas inescrupulosos danificaram a pedra com pichações e pichações. Câmeras de vigilância capturam esses eventos. A pena por danificar o Patrimônio Cultural da Nação pode incluir alguns anos de prisão.
Vista da rua Hatun Rumiyoc
Rua Hatun Rumiyoc onde está localizada a pedra dos 12 ângulos

Outras atrações turísticas gratuitas em Cusco

  • Praça Principal de Cusco – O centro turístico mais movimentado da cidade de Cusco. Foi também um centro administrativo durante o Império Inca. Nos arredores existem lojas de artesanato, lojas de roupas, restaurantes, hotéis e cafés. Shows de dança gratuitos geralmente são apresentados aos domingos.
  • Mercado de São Pedro – Este mercado popular é um dos mais antigos da cidade de Cusco. Sua arquitetura foi projetada pelo famoso engenheiro francês Gustave Eiffel. Oferece todos os tipos de mercearia, bem como artesanato. Lá você pode aprender sobre alguns aspectos da cultura de Cusco. Há visitas guiadas gratuitas a este mercado e às ruas da cidade.
  • Bairro San BlasEste bairro tradicional está localizado seguindo a ladeira que continua até a rua Hatun Rumiyoc (pedra dos 12 ângulos).. É famosa por suas ruas estreitas de paralelepípedos. Também é conhecido como o bairro dos artistas e artesãos da cidade. As oficinas das famílias Mendívil, Olave e Mérida são famosas. É um excelente local para adquirir artesanato e obras de arte de qualidade.
  • As igrejas de Cusco – As igrejas e conventos localizados no centro histórico de Cusco oferecem uma arquitetura barroca muito marcante, além de grande significado histórico. A entrada é gratuita durante o horário das missas (de preferência aos sábados e domingos de manhã). Algumas das igrejas mais famosas são: a Catedral, a igreja da Companhia de Jesus, a igreja de San Cristóbal, a igreja de Santo Domingo e outras.

Qual é a hora de atenção?

  • A pedra dos 12 ângulos está localizada no meio da rua Hatun Rumiyoc, na cidade de Cusco. Então a visita pode ser feita a qualquer hora do dia.
  • No entanto, é recomendável visitar durante o horário turístico. Ou seja: das 7 da manhã às 10 da noite aproximadamente.

Fotos: a pedra dos 12 ângulos


Perguntas e respostas

  • a) Posso tocar a pedra?

    Não. Para melhor preservar a pedra, é proibido tocá-la. Claro, você pode tirar todas as fotos que quiser.

  • b) Posso tirar uma foto com o Inca que guarda a pedra?

    Sim. O Inca que guarda a pedra faz parte da paisagem turística de Cusco. Em troca de uma gorjeta, os visitantes podem ser fotografados com ele.

  • c) Onde conseguir um guia turístico para a visita?

    Você pode fazer um ‘passeio a pé gratuito’ (eles partem da Plaza de Armas) onde um guia turístico explicará detalhes desta e de outras atrações turísticas gratuitas da cidade. Outra opção é pedir a um cidadão de Cusco informações sobre a pedra. As pessoas terão prazer em lhe contar detalhes sobre a parede.

  • d) O que devo levar?

    Durante sua visita à Pedra dos 12 ângulos não se esqueça de levar consigo: uma máquina fotográfica, um poncho de chuva (em Cusco pode chover a qualquer hora) e dinheiro caso goste de algum artesanato.

  • e) Quando é um bom momento para visitar a pedra?

    Qualquer dia do ano é um bom momento para visitar esta atração popular. Lembre-se que janeiro, fevereiro e março são os meses mais chuvosos. Das 10 da manhã às 6 da tarde são os horários mais movimentados para os turistas. Escolha o horário que melhor lhe convier.

  • f) É perigoso?

    Não. A rua Hatun Rumiyoc é vigiada pela polícia durante o dia e a noite. Há também câmeras de segurança.

  • g) Existem outras pedras semelhantes?

    Sim. Existem pedras com ainda mais ângulos. Alguns exemplos são a ‘pedra dos 13 ângulos’ na rua Inca Roca (a poucos passos da rua Hatun Rumiyoc). Há também uma pedra menor que tem 14 ângulos. Este está localizado na Calle Herrajes.

  • h) Qual é o horário de funcionamento da pedra?

    A pedra de 12 ângulos está aberta aos turistas 24 horas por dia. Recomenda-se a visita entre as 7 da manhã e as 10 da noite.

  • i) Existem passeios para a pedra de 12 ângulos?

    Não. No entanto, uma boa opção é contratar um ‘Free Tour’ em Cusco que inclua uma visita à pedra.

  • j) Que lugares visitar perto da pedra?

    Durante sua visita à pedra dos 12 ângulos você pode visitar: o bairro de San Blas (famoso por sua igreja), o Palácio do Arcebispo de Cusco ou as centenas de barracas de artesanato de Cusco que estão no local.

Conselhos de pessoas que estiveram lá

A pedra dos 12 ângulos

Jose C.Por: Jose C.

“¡Incrível!“

“Simplesmente incrível ver as perfeições que encaixam as outras pedras com a pedra dos 12 ângulos. Definitivamente uma obra extremamente avançada para a época, onde mitos e lendas caem surpreendentemente.“


 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, junho 18, 2022

 

Travel agent
Help