Machu Picchu
122 artigos
Governo inca
Clique para classificar o artigo

Organização do governo inca

O império inca, como as civilizações mais complexas do mundo, desenvolveu algum tipo de sistema para regular as relações entre seus membros. Assim, a organização do governo inca teve que ser esplêndida. Caso contrário, seria impossível construir cidades como Cusco ou Machu Picchu.


Os incas tinham um governo monárquico e teocrático, onde o imperador inca era a figura máxima, porque simbolizava o filho do deus do sol. O governo inca também se baseava em leis simples que valorizavam o trabalho e puniam a ociosidade e o roubo. É o maior império da América do Sul que abrangeu parte dos atuais territórios do Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Equador e Colômbia.


Como foi organizado o governo inca?

  • O império inca foi dividido em quatro territórios, também chamados de ‘deles’: Chinchaysuyo (norte), Antisuyo (leste), Collasuyo (sul) e Contisuyo (centro do império, com a cidade de Cusco como capital).
  • O governo tinha o Inca como seu expoente máximo no poder. As leis estabelecidas priorizavam o trabalho e puniam os sapatos e os ladrões.
  • O imenso território inca foi comunicado através da rede de estradas ‘qhapac ñan’, que comunicava os principais pontos do império que cobriam os atuais territórios do Peru, Colômbia, Equador, Bolívia e Argentina.
O Inca
O Inca era a mais alta autoridade do Tahuantinsuyo

E como era a organização política?

A civilização inca tinha um governo monárquico e teocrático, onde a autoridade mais alta era ‘o inca’. O estado inca foi dividido em quatro e cada um era responsável por um ‘Tucuy Ricuy’, que atuava como governador do referido território.

  • a) O Inca : Era a autoridade mais alta do império. Os imperadores receberam uma origem divina e títulos como “Sapa inca” (divino inca).

  • b) O conselho imperial : Era a entidade máxima dedicada inteiramente aos conselhos dos Incas. Era composto por 8 pessoas.

  • c) Os governadores deles (Suyuyuq) : Havia quatro governantes próprios.

  • d) O príncipe herdeiro (Auqui) : A tradição dos ‘Auqui’ foi estabelecida por Pachacutec, fundador de Machu Picchu. Seu filho Túpac Yupanqui foi o primeiro ‘auqui’.

  • e) O sumo sacerdote (Willaq Uma) : Ele governou as cerimônias religiosas com os incas.

  • f) Os amautas (Hamawt’a) : Sábios que prepararam a elite Inca.

  • g) O general do exército imperial (Apuskipay) : Ele comandou as tropas durante as guerras.



Como era a organização social inca?

A sociedade inca era hierárquica e rígida: formando uma pirâmide onde o Inca estava à frente, em um império onde havia grandes diferenças entre as classes sociais. Essas diferenças foram respeitadas por cada um dos habitantes do império e pelas pessoas que constituíam a base social.

  • a) Realeza

    • Realeza Inca – Formada pela família nuclear dos Incas: o auqui (filho), a coya (esposa).
    • La panaca real – Parentes da linha de frente dos incas (primeiras gerações de cada panaca).
  • b) Nobreza

    • Nobreza Sanguínea – Membros remanescentes das panacas (parentes).
    • Nobreza de privilégios – Pessoas que se destacavam por seus serviços (sacerdotes, acllas, altos chefes).
  • c) as pessoas

    • Ayllu Hatun Runa – O povo em geral (camponês).
    • Mitimas – Grupos transferidos para colonizar novas regiões, ensinando aos povos novos costumes.
    • Yanaconas – Servos do Inca e do Império. Muitos deles eram prisioneiros.

Como era a economia?

Os incas baseavam suas atividades econômicas na agricultura e pecuária. Os principais produtos foram batata, quinoa, milho, ganso, tomate, batata doce e folha de coca. Os animais que foram domesticados foram a lhama, a alpaca e o porquinho-da-índia. Embora a moeda de troca não existisse, eles usaram a troca como um sistema de troca de produtos.

  • a) Agricultura – Era a maneira pela qual eles trabalhavam a terra por um método em que as tarefas agrícolas eram realizadas por meio de ajuda comunitária mútua.

  • b) Pecuária – os incas domesticavam aves domésticas, caçavam aves silvestres e também pescavam, mas foram a lhama e a alpaca, camelídeos que desempenharam um papel importante em sua economia. Eles eram usados como animais de carga, como fonte de lã e como alimento.

  • c) Comércio inca – baseou-se na troca de produtos entre as diferentes regiões do império. O peixe seco chegou da costa à cordilheira dos Andes, pela rede de estradas incas. Da mesma forma, os habitantes do litoral receberam produtos agrícolas dos Andes.


Qual era a maneira de trabalhar dos incas?

Para os incas, o trabalho era a principal atividade diária. Foi dividido em três tipos de atividades: a) mita, b) minka ec) ayni. Essas atividades eram principalmente trabalhos agrícolas, embora também fossem realizadas nas casas das comunidades.

  • a) A mita – Era um sistema de trabalho a favor do império. Foi um turno de trabalho na construção de estradas, fortalezas, pontes, centros urbanos, templos, canais de irrigação e mineração. Havia tarefas especiais, como cargueiros do Inca, chasquis, dançarinos e músicos. As pessoas forçadas a fazer esse trabalho eram adultos casados entre 18 e 50 anos, mas não mulheres.

  • b) O minka – Era o trabalho realizado a favor do ayllu, trabalho comunitário de graça e em turnos. Famílias inteiras participaram de prédios do estado, como canais de irrigação, reparos domésticos, etc. Ninguém recusou, se o fizeram, foram banidos e expulsos do ayllu e do império.

  • c) O ayni – Era um sistema de trabalho familiar recíproco entre os membros do ayllu. Eles foram realizados em trabalhos agrícolas e construção de casas. Consistia na ajuda de um grupo de pessoas a uma família, que tinha que corresponder da mesma maneira.

Atividades econômicas em Machu Picchu
Demonstração de tecelagem em lã camelida andina

Como foi organizada a comunicação inca?

Os incas não tinham comunicação escrita, por isso era necessário exibir as diferentes mensagens em cada canto do império oralmente. Para isso, construíram uma rede de estradas que ligavam os principais pontos do império. Estes foram chamados ‘Qhapac Ñan’. Os encarregados de percorrer esses caminhos e transmitir a mensagem eram os chamados ‘Chasquis’.

  • a) Qhapac Ñan – A rede rodoviária inca que ligava os principais pontos do império, que incluía os atuais países do Chile, Bolívia, Peru, Colômbia e Equador.

  • b) O Chasquis – Responsável pelo transporte de mensagens a pé pela rede rodoviária ‘Qhapac Ñan’. O chasquis usou o sistema de retransmissão. Em certos pontos, eles se alimentaram das famosas colcas que foram implantadas em alguns pontos ao longo do caminho.

  • c) Pontes Incas – Para atravessar os pontos mais inacessíveis das montanhas, os incas construíram pontes. Estes foram construídos de diferentes maneiras: pontes suspensas em ichu, pontes em toras, pontes em pedra e pontes flutuantes.


Como era a organização em Machu Picchu?

Machu Picchu era uma cidade inca que servia como local religioso e casa de trânsito para o Inca Pachacutec. A autoridade mais alta do site era o Inca. Quando o último não estava no local, o sumo sacerdote representava a autoridade divina em Machu Picchu. A base era a vila ou o ‘Ayllu Hatun Runa’.

  • a) O Inca – A mais alta autoridade em Machupicchu. O Inca que ordenou sua construção foi Pachacutec (1438 – 1471).

  • b) O sumo sacerdote – A autoridade religiosa mais alta da cidade inca que representava a autoridade do inca quando ele não estava em Machupicchu.

  • c) Ayllu Hatun Runa – A base social em Machupicchu eram as pessoas que trabalhavam nas terras agrícolas e realizavam trabalhos de manutenção na cidade inca.

 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, julho 10, 2020