Machu Picchu 206 artigos
Machu Picchu para mochileiros
Clique para classificar o artigo

Machu Picchu para mochileiros: um guia fácil

Machu Picchu é um dos destinos turísticos favoritos dos mochileiros de todo o mundo. A cidade inca oferece um tipo de viagem barata e aventureira. No entanto, há alguns requisitos que devem ser cumpridos para realizar o sonho de visitar a Maravilha do Mundo dessa forma: a primeira coisa é adquirir o ingresso para Machu Picchu on-line e com antecedência. Descubra como realizar a viagem dos seus sonhos!



Turista fotografando Machu Picchu
Turista fotografando Machu Picchu

Por que Cusco e Machu Picchu são um destino especial?
A cidade de Cusco foi a capital do império inca. Lá você ainda pode ver em toda parte as muralhas, ruas, palácios e templos incas feitos de enormes pedras esculpidas com perfeição. Em todos os lugares, é possível sentir a energia do sol, o deus supremo dos incas. A poucos passos de distância, você pode visitar importantes construções, como Sacsayhuaman, Coricancha, Qenqo, Pucapucara, Tambomachay e outras. Além disso, em Cusco, você pode visitar belas paisagens naturais, como a Lagoa Humantay e a montanha das 7 cores. Por esse motivo, Cusco é um dos destinos favoritos dos mochileiros de todo o mundo. Há ofertas muito boas de albergues onde você pode encontrar amigos por um preço muito barato. Finalmente, a comida peruana, uma das melhores do mundo, pode ser saboreada em vários restaurantes a um preço muito barato (de 2 a 10 dólares). É claro que é impossível não perder Machu Picchu na viagem, uma das maravilhas do mundo moderno.


Aventura e economia em Machu Picchu

Machu Picchu é um dos melhores destinos turísticos do mundo. Há diferentes tipos de viagens para chegar lá, desde a rota de luxo até serviços muito econômicos adequados para visitantes mochileiros de todo o mundo.

A viagem de luxo pode incluir a rota do trem Hiram Bingham, um dos serviços turísticos mais incríveis do planeta. Esse trem inclui um bar gratuito com diferentes bebidas, vinhos e cervejas, almoço e jantar gourmet, show de música a bordo, um vagão observatório ao ar livre e até mesmo o serviço de guia turístico em Machu Picchu.

A viagem de mochileiro inclui rotas de aventura baratas. Talvez a maneira mais aventureira e mais barata de fazer a viagem seja com a rota Hidroelétrica. Ela inclui uma viagem de 179 quilômetros de ônibus (aproximadamente 5 horas de estrada). Essa viagem custa aproximadamente US$ 15, em comparação com a viagem de trem turístico, que custa em média US$ 50. Da Hidrelétrica, você caminha até Aguas Calientes e, finalmente, até Machu Picchu.

Pois a cidade inca oferece muitas outras experiências de aventura. Uma das mais famosas é a trilha Salkantay, uma rota de 5 dias que percorre 70 quilômetros a pé, passando por importantes atrações turísticas, como a lagoa Humantay, a passagem da montanha Salkantay, a selva de Cusco, os banhos termais de Cocalmayo, a cidade de Aguas Calientes e, é claro, a cidade inca de Machu Picchu.

Há também outras aventuras populares entre os mochileiros amantes de aventura: a Inca Jungle de 4 dias (que inclui ciclismo e canoagem), a trilha de 4 dias em Lares (que inclui uma visita às fontes termais de Lares), a trilha Huchuy Qosqo (que inclui uma visita ao sítio arqueológico pouco conhecido de Huchuy Qosqo) e muito mais. Todos oferecem muita aventura e, se você fizer isso por conta própria, preços muito baixos.

Mapa da rota de Machu Picchu pela Hidrelétrica

A rota para Machu Picchu pela Hidrelétrica

A rota para Machu Picchu pela Hidrelétrica é a maneira mais aventureira e econômica de chegar lá, ideal para mochileiros e visitantes aventureiros de todo o mundo.

A rota começa na cidade de Cusco, onde está localizada a maioria dos albergues turísticos da região. Lá, aproximadamente às 7 horas da manhã, você embarca em uma minivan turística que o levará por 179 quilômetros através das montanhas, montanhas cobertas de neve e selva de Cusco em uma viagem de 5 horas. Essa passagem de ônibus custa aproximadamente 15 dólares. Ela pode ser comprada em uma agência de turismo, pessoalmente em Cusco ou on-line.

Uma vez na estação de trem de Hidrelétrica, o visitante pode aproveitar a oportunidade para almoçar em um dos restaurantes turísticos do local, pois a chegada será aproximadamente às 13 horas. Em seguida, deve começar a famosa caminhada de 10 quilômetros até a cidade de Aguas Calientes, passando por belas paisagens, o rio Vilcanota e o canto dos pássaros. A caminhada dura aproximadamente 2 horas.

O visitante chegará à cidade de Aguas Calientes entre 4 e 5 horas da tarde, em média. Por esse motivo, essa rota exige necessariamente uma noite de acomodação turística nessa cidade. A essa altura, o visitante já deve ter comprado sua passagem on-line ou em Aguas Calientes (a compra é feita um dia antes). A opção de comprar a passagem pela internet é a mais recomendável.

O segundo dia é a visita a Machu Picchu. Para isso, é preciso decidir se quer subir a pé (grátis) ou de ônibus turístico Consettur (12 dólares) até o sítio arqueológico de Machu Picchu. A maioria dos visitantes mochileiros prefere caminhar, o que envolve uma rota de 8 quilômetros, principalmente subindo degraus de pedra. Esse percurso leva, em média, 2 horas.

Uma vez em Machu Picchu, o visitante deve mostrar o ingresso junto com a carteira de identidade ou passaporte com o qual fez a compra. Após a visita a Machu Picchu, você deve retornar a pé às ruínas da ponte e, de lá, voltar pela rota até a estação Hidrelétrica (2 horas aproximadamente). Os ônibus turísticos saem da Hidrelétrica para Cusco às 2h30 da tarde, em média. A viagem de volta também custa 15 dólares.

Dessa forma, com essa rota alternativa para Machu Picchu, o visitante economiza as caras passagens de trem que, para turistas estrangeiros, custam entre 40 e 60 dólares para a viagem de ida e outros 40 e 60 dólares para a viagem de volta.


Tour Machu Picchu por Hidroeléctrica 2 dias

A cidadela inca de Machu Picchu pode ser visitada de três maneiras diferentes: a Trilha Inca de 4 dias, a rota clássica de trem por Ollantaytambo ou a rota alternativa pela hidroelétrica. Aprenda passo a passo como é esta rota de 2 dias.


Entrada para Machu Picchu para mochileiros

Os ingressos para Machu Picchu podem ser comprados on-line no site oficial do Ministério da Cultura do Peru ou no site de uma agência de turismo.

Há também a opção de comprar os ingressos pessoalmente em um dos escritórios autorizados na cidade de Cusco: na Calle Maruri e na Calle Garcilaso. Entretanto, essa opção não é recomendada, pois os ingressos têm disponibilidade limitada e geralmente se esgotam com até um mês de antecedência.

Uma opção arriscada, mas que alguns mochileiros praticam, é comprar ingressos no vilarejo de Aguas Calientes um ou dois dias antes da visita a Machu Picchu. Isso ocorre porque o vilarejo oferece até mil ingressos para compra pessoal. Entretanto, também há muitos turistas que querem esses ingressos, por isso é difícil encontrá-los no mesmo dia da visita.

É por isso que muitos visitantes mochileiros decidem ficar em albergues uma noite antes da visita a Machu Picchu. Dessa forma, eles podem obter um ingresso físico para visitar Machu Picchu no dia seguinte. Entretanto, como mencionado acima, é melhor comprar seu ingresso on-line.

Os visitantes mochileiros não têm descontos na compra do ingresso de entrada para Machu Picchu. Esses são os preços oficiais dos ingressos.

Ingresso Machu Picchu Só
Ingresso a Machu PicchuEstrangeirosPeru, Colômbia, Equador ou Bolívia
Adultos em geral152 soles peruanos64 soles peruanos
Estudantes universitários77 soles peruanos32 soles peruanos
Menores de 18 anos70 soles peruanos32 soles peruanos
Ingresso Machu Picchu com Huayna Picchu
Ingresso a Machu PicchuEstrangeirosPeru, Colômbia, Equador ou Bolívia
Adultos em geral200 soles peruanos112 soles peruanos
Estudantes universitários125 soles peruanos80 soles peruanos
Menores de 18 anos118 soles peruanos80 soles peruanos
Ingresso Machu Picchu com Montanha
Ingresso a Machu PicchuEstrangeirosPeru, Colômbia, Equador ou Bolívia
Adultos em geral200 soles peruanos112 soles peruanos
Estudantes universitários125 soles peruanos80 soles peruanos
Menores de 18 anos118 soles peruanos80 soles peruanos
Ingresso Machu Picchu com Huchuy Picchu
Ingresso a Machu PicchuEstrangeirosPeru, Colômbia, Equador ou Bolívia
Adultos em geral200 soles peruanos112 soles peruanos
Estudantes universitários125 soles peruanos80 soles peruanos
Menores de 18 anos118 soles peruanos80 soles peruanos
Ingresso Machu Picchu com ponte Inca
Ingresso a Machu PicchuEstrangeirosPeru, Colômbia, Equador ou Bolívia
Adultos em geral152 soles peruanos64 soles peruanos
Estudantes universitários77 soles peruanos32 soles peruanos
Menores de 18 anos70 soles peruanos32 soles peruanos


Outras atividades em Machu Picchu para mochileiros

Aqui estão algumas outras atividades em Machu Picchu para mochileiros e amantes de aventura:

  • Passe a noite no acampamento municipal de Machu Picchu – O acampamento municipal de Aguas Calientes fica a apenas 20 minutos a pé da vila. Há espaços para acampamento por um custo significativo de aproximadamente US$ 5. O local também tem chuveiros e banheiros. Os albergues da cidade custam cerca de US$ 15 por noite.
  • Visite os banhos termais de Cocalmayo – Os banhos termais de Cocalmayo são considerados os melhores de Cusco. Eles ficam no vilarejo de Santa Teresa, na estrada para Hidrelétrica. Você também pode acampar lá. Esse é um dos lugares mais especiais da viagem a Machu Picchu. A taxa de entrada é de 5 soles para peruanos e 10 soles para estrangeiros.
  • Trilha Salkantay para Machu Picchu – A trilha Salkantay de 5 dias é considerada uma das rotas mais bonitas e aventureiras no caminho para Machu Picchu. Ela cobre um total de 70 quilômetros, durante os quais você visitará atrações turísticas importantes, como a lagoa Humantay, a passagem Salkantay, os banhos termais de Cocalmayo, a cidade de Aguas Calientes e Machu Picchu. Essa rota pode ser feita com uma excursão com tudo incluído (custo entre 300 e 500 dólares) ou por conta própria, solicitando acomodação e alimentação na rota, que é muito turística.
  • Almoço no mercado de alimentos na cidade de Machu Picchu – A comida peruana é uma das melhores do mundo e, durante a viagem a Machu Picchu, você pode desfrutar de pratos requintados a preços muito acessíveis. No vilarejo de Aguas Calientes, há barracas de comida no mercado local, cujos cardápios custam apenas 10 soles peruanos (aproximadamente 3 dólares americanos). Essa é a melhor opção para viajantes mochileiros de todo o mundo.
Termas de Cocalmayo
Termas de Cocalmayo – Santa Teresa

Perguntas e respostas sobre como visitar Machu Picchu para mochileiros

  • 1) Qual é o valor da taxa de entrada em Machu Picchu para mochileiros?

    A taxa de entrada em Machu Picchu não oferece descontos para mochileiros. O ingresso “Machu Picchu Solo” custa 152 soles para adultos estrangeiros e 64 soles para adultos da Comunidade Andina de Nações (Peru, Colômbia, Equador e Bolívia).

  • 2) Qual é a rota mais econômica para Machu Picchu?

    A rota para Machu Picchu pela Hidrelétrica é a maneira mais barata e mais aventureira de chegar à cidade inca.

  • 3) Posso fazer a trilha Salkantay com um orçamento limitado?

    Uma caminhada de 5 dias em Salkantay com tudo incluído custa de US$ 350 a US$ 500, dependendo da agência de viagens que você contratar. A outra maneira é fazer por conta própria, o que é um pouco mais barato.

  • 4) Como almoçar barato na viagem a Machu Picchu?

    O mercado de alimentos no vilarejo de Machu Picchu é a maneira mais econômica de almoçar. Um menu custa cerca de 10 soles.

  • 5) Quais são os melhores albergues na viagem para Machu Picchu?

    Alguns dos melhores albergues em Aguas Calientes são: Supertramp Hostel, Illary Inn Hotel, Machu Picchu Packer Hotel, Machu Picchu Guest House Hotel, Machu Picchu Land B&B Hostel e Casa Machu Picchu Hostel.

  • 6) Posso acampar durante a viagem a Machu Picchu?

    O parque de campismo municipal em Aguas Calientes oferece espaço para acampar por apenas US$ 5 por visitante.

  • 7) Quais são os descontos no ingresso para Machu Picchu?

    O ingresso para Machu Picchu oferece descontos para estudantes universitários, menores de 18 anos e cidadãos da Comunidade Andina de Nações: Peru, Colômbia, Equador ou Bolívia.

  • 8) Quais são as melhores opções de aventura para uma viagem de mochileiro a Machu Picchu?

    Recomendamos fazer a rota para Machu Picchu via Hidrelétrica, aproveitar os banhos termais de Cocalmayo e fazer a caminhada final para Machu Picchu a partir de Aguas Calientes.

  • 9) Posso fazer a Trilha Inca por conta própria?

    Não, essa rota de trekking só pode ser feita com uma permissão emitida por uma agência de turismo.

  • 10) Posso caminhar até Machu Picchu?

    De Aguas Calientes, você pode subir a Machu Picchu a pé por 8 quilômetros de degraus de pedra. Essa é a maneira mais econômica e aventureira de chegar ao sítio arqueológico.

Conselhos de pessoas que estiveram lá

Machu Picchu

Joaquin V.Por: Joaquin V.

“Meu lugar favorito“

“Sem dúvida, a melhor atração turística do mundo. Esta é minha terceira vez aqui. A primeira com uma excursão de um dia, a segunda com a Trilha Inca e agora para a Hidroelétrica, todas foram experiências memoráveis, pretendo voltar em breve.“

 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, maio 20, 2024