Choquequirao
5 artigos
Choquequirao perguntas frequentes
Clique para classificar o artigo

Choquequirao, o outro Machu Picchu: Perguntas freqüentes

Você já ouviu falar sobre Choquequirao, a cidade inca conhecida como a ‘outra Machu Picchu’? Este lugar é um sítio arqueológico inca pouco conhecido no Peru. No entanto, esconde tantos mistérios quanto a Maravilha do Mundo.

Resolva todas as suas dúvidas sobre o sítio arqueológico de Choquequirao.



Turistas em Choquequirao
Turistas em Choquequirao

Choquequirao: definição

O que é o Choquequirao?

Choquequirao é um sítio arqueológico inca com características semelhantes a Machu Picchu. Seu nome significa “Berço de Ouro”. Devido à sua semelhança com a “Cidade Inca”, é conhecida como a ‘Irmã sagrada de Machu Picchu’.

Onde fica Choquequirao no Peru?

Choquequirao está localizado na Cordilheira de los Andes, em Cusco, Peru. Pertence à província de La Convención, no distrito de Santa Teresa.

Como chegar a Choquequirao?

Choquequirao é alcançado por Cusco ou Abancay. O primeiro destino é a cidade de Cachora. De lá, pode-se caminhar até Choquequirao. A caminhada é de um dia. O retorno é da mesma maneira.

Quão alto é o Choquequirao?

Choquequirao está localizado a 3.033 metros acima do nível do mar.

O que ver no Choquequirao?

Choquequirao Inca construções casas tão impressionante como Machu Picchu, como a Praça Principal, o colcas, Inca Cemetery, o Kallankas, o ushnu, plataformas, etc.

Choquequirao continua no processo de escavação. Estima-se que, até o momento, apenas 30% do local original do Inca foi avaliado.

Quem construiu o Choquequirao?

Segundo as investigações feitas em Choquequirao, estima-se que o sítio Inca tenha sido construído por volta de 1536.

Devido à sua semelhança com Machu Picchu, acredita-se que o Inca Pachacutec fundou o local. Seu filho Tupac Inca Yupanqui foi quem construiu Choquequirao.

Como é o clima em Choquequirao?

O sítio arqueológico de Choquequirao tem um clima temperado. A caminhada até este local tem um clima quente devido à proximidade do chamado ‘Apurimac Canyon’.


Choquequirao: tour da ‘Outra Machu Picchu’

Como fazer a caminhada para Choquequirao?

A caminhada para Choquequirao pode ser feita com uma excursão organizada ou por conta própria. Em ambos os casos, é necessário um passeio de Cachora até o sítio arqueológico.

Como comprar ingressos para Choquequirao?

As excursões para Choquequirao são compradas on-line ou no Centro Histórico de Cusco. Se o passeio for feito por conta própria, você deve comprar os bilhetes de entrada quando chegar ao sítio arqueológico.

Quanto custa a excursão a Choquequirao?

Os preços dos passeios para Choquequirao variam de acordo com a agência de turismo e o número de pessoas.

Os preços variam de US $ 500 a US $ 350 por pessoa.

O que inclui um tour a Choquequirao?

O tour do Choquequirao inclui o seguinte:

  • Equipamentos de camping
  • 2 dias de alimentação.
  • Viagem de ônibus de Cusco a Cachora.
  • Bilhetes de entrada para Choquequirao.
  • Serviço de guia de turismo.
  • Serviço de carga de bagagem.
  • Bastões de trekking (varas).

Como ir a Choquequirao sem guia?

Para ir a Choquequirao sem um guia (por conta própria) você precisa seguir a rota indicada e levar a bagagem necessária (comida e abrigo). Uma vez na porta do sítio arqueológico, apenas a entrada deve ser comprada.

O caminho a seguir é o seguinte:

  • Cusco (ou Abancay) – Cachora.
  • Cachora – Marampata.
  • Marampata – Choquequirao.

Excursão Choquequirao – Machu Picchu

O que é a excursão Choquequirao-Machu Picchu?

A excursão Choquequirao – Machu Picchu é uma das aventuras mais extremas e memoráveis ​​do Peru. É uma caminhada que conecta Cusco – Choquequirao e Machu Picchu em 8 dias. O percurso total é de 115 quilômetros.

Quanto custa a excursão de Choquequirao a Machu Picchu?

Os preços dos caminhadas para Choquequirao a Machu Picchu (8 dias) variam de acordo com a agência de turismo.

Os custos variam entre US $ 1.300 a US $ 1.000 por pessoa.

Posso fazer o trekking Choquequirao para Machu Picchu sem um guia?

Sim, é possível fazer a rota Cusco – Choquequirao – Machu Picchu por conta própria. No entanto, para isso você precisa ter experiência em trekking.

Você deve organizar a bagagem apropriada, adquirir ingressos com antecedência para Machu Picchu e seguir a seguinte rota:

  • Cusco – Cachora.
  • Cachora – Marampata.
  • Marampata – Choquequirao.
  • Choquequirao – Abra Yanama.
  • Abra Yanama – Collpa.
  • Collpa – a praia.
  • A Praia – Hidroelétrica.
  • Hidrelétrica – Aguas Calientes.
  • Aguas Calientes – Machu Picchu.

Choquequirao: Dicas e mais informações

Como ir barato para Choquequirao?

Para visitar Choquequirao economicamente, é necessário fazer a caminhada por conta própria. Os custos necessários são:

  • Entrada para Choquequirao.
  • Transporte de Cusco para Cachora (e vice-versa).
  • Comida por 2 dias.
  • Tendas e sacos de dormir.
  • Mulas ou cavalos de carga (opcional).

Qual é a melhor época para viajar para Choquequirao?

A melhor época para visitar Choquequirao é durante a alta temporada de turismo (de abril a outubro). Durante esses dias, há pouca possibilidade de chuva, então os passeios são mais seguros.

Como contratar cavalo para Choquequirao?

A maneira mais confortável de subir ao Choquequirao é contratar cavalos para transportar bagagem. Os habitantes da cidade de Cachora oferecem este serviço antes de iniciar a caminhada.

Choquequirao é perigoso?

Choquequirao é uma caminhada difícil e exigente, mas não perigosa. As trilhas que levam ao sítio arqueológico estão bem sinalizadas. Durante a estação chuvosa (de novembro a março), pode haver deslizamentos de terra ou inundações do rio, por isso não é aconselhável fazer a caminhada nessa época do ano.

O que levar para Choquequirao?

Durante a caminhada para Choquequirao é aconselhável levar o seguinte::

  • Um boné ou chapéu.
  • Roupa confortável e leve.
  • Bloqueador solar.
  • Sapatos de caminhada.
  • Pólos de trekking
  • Repelente para mosquitos.
  • Água.
  • Poncho em caso de chuvas.
  • Óculos de sol.
  • Petiscos

 

Por Ticket Machu Picchu – Ultima atualização, dezembro 12, 2018